Qual Senha Usar 4 ou 6 Dígitos: Veja as Diferenças

Qual Senha Usar 4 ou 6 Dígitos: Veja as Diferenças

Várias medidas de segurança se fazem necessárias para que os bancos possam proteger os seus clientes. Dentre essas medidas, estão as mais variadas senhas. Elas podem ter de 4 até 8 dígitos, dependendo da situação. Mas cada situação exige o uso de uma senha específica. Há também as senhas alfabéticas e as senhas que combinam letras e números. Além do uso do token. Casa banco combina as medidas de segurança que julgar mais conveniente. E cada banco usa o sistema de combinações que julgar mais conveniente.

Saiba Onde Usar a Senha de 4 Dígitos 

• Banco Santander: utiliza uma senha de 4 dígitos em seus cartões de crédito e de débito. Nos caixas eletrônicos, ele usa uma senha de 3 dígitos para verificação. Em alguns caixas eletrônicos, já existe a verificação digital usada para confirmar algumas transações. 

Para acessar o home banking pela internet, o cliente cria uma senha e ainda recebe um cartão com muitas combinações diferentes de quatro dígitos. Somente os computadores cadastrados e autorizados podem realizar movimentações financeiras. 

• Banco Bradesco: os clientes do Bradesco possuem uma senha com 4 dígitos, a qual é usada para terem acesso aos seguintes canais: Bradesco Celular, Internet Banking, Máquinas de Autoatendimento e Fone Fácil. Para algumas transações online pode ser preciso usar o Token, assim como pelo aplicativo Bradesco. Para o uso de cartão de crédito e de débito, e também nos canais de autoatendimento, é usada uma senha de 6 dígitos no Bradesco. Há também operações em será feita a leitura da palma da mão do cliente nos caixas eletrônicos que dispõe da ferramenta. 

• Banco do Brasil: para usar os cartões de crédito e de débito do Banco do Brasil, a senha usada é de 6 dígitos. Além de algumas perguntas de segurança a respeito do titular do cartão nos caixas eletrônicos. São perguntas simples, como cidade natal, nome da mãe ou do pai, etc. Pode ser que o cliente tenha que confirmar a transação usando a sua impressão digital em caixas que contam com esse leitor. Para liberar o acesso ao internet banking, o Banco do Brasil exige uma senha de 8 dígitos. Agora, para confirmar as transações no internet banking em computadores cadastrados, é usada a mesma senha de 6 dígitos usada em operações com cartão de crédito e débito, assim como as operações em caixas eletrônicos também. 

• Caixa Econômica Federal: para acessar os caixas eletrônicos da Caixa, são solicitadas senhas de 4 dígitos e senhas alfabéticas. Para o acesso ao internet banking, e para as transações com cartões de crédito e de débito em computadores devidamente cadastrados, usa-se uma senha de 4 dígitos. Além do mais, para ter acesso ao internet banking, a Caixa também exige uma senha combinada de letras e de números. 

Banco Itaú: o Itaú usa senhas de 4, 6 e 8 dígitos, além do token também, para reforçar a segurança. Para os canais de autoatendimento normais do Itaú, são usadas as senhas de 6 dígitos. Para ter acesso aos canais eletrônicos online, são usadas senhas de 6 a 8 dígitos, e que seja diferente da senha do cartão Itaú. Essasenha será digitada no teclado virtual variável do site. Para as transações de crédito e débito, é usada uma senha composta pelos 4 primeiros dígitos da senha de 6 dígitos. 

Existem outros dispositivos de segurança próprios de cada banco para aumentar a segurança dos seus clientes. As maneiras mais comuns e usuais são as mencionadas nesse post. Vale lembrar a importância de preservar a sua senha sempre em segurança. Não deixe que ninguém tenha acesso a ela. O ideal mesmo é decorar sua senha e evitar de deixá-la anotada por aí. 

Erro 57 do Cartão

Erro 57 do Cartão

É comum os usuários de cartão de crédito receberem uma mensagem, no momento da compra, de “Erro 57: essa transação foi negada. Por favor, contate seu banco para mais informações ou tente com outro cartão de crédito“, ou ainda ” Transação não autorizada. Por favor, verifique os dados digitados. Caso o erro persista, peça para seu cliente entrar em contato com a Central de Atendimento do cartão”. Seja qual for o erro que acontece com o cartão de crédito na hora de finalizar uma compra, o consumidor fica constrangido. Ainda que o cartão tenha saldo suficiente para realizar a compra, esse erro pode acontecer. 

Qual a Causa do Erro 57 do Cartão 

Se mesmo tendo saldo esse erro pode acontecer, então qual é a causa desse erro? 

Normalmente, o erro 57 acontece quando o cartão está bloqueado para uso. O bloqueio pode ser por que o cliente acabou de receber um novo cartão do banco, digita seguidamente a senha incorreta, ou por que o banco emissor detectou alguma tentativa de fraude ou de roubo do cartão, como compras muito altas, fora do perfil do cliente. Ou ainda pela solicitação do próprio titular da conta na qual o cartão está ligado. E pode acontecer também, simplesmente, por que a bandeira do cartão não é compatível com a máquina. No mercado, encontramos máquinas que estão preparadas para receber todas as bandeiras. Outras, porém, recebem apenas bandeiras específicas. 

E Como Solucionar Essas Questões? 

No caso de o cliente ter digitado a senha errada algumas vezes, ele deve se dirigir a uma agência do banco e realizar o desbloqueio por meio de um caixa eletrônico. Em alguns casos, pode ser preciso ligar na Central de Atendimento do cartão para realizar o desbloqueio. Por isso, é sempre importante guardar a senha cadastrada ou a senha que chegou junto com o cartão. 

Alguns bancos contam com excelentes ferramentas digitais que detectam tentativas de fraudes e de uso indevido do cartão. Nesse caso, eles o bloqueiam para impedir prejuízos financeiros para o cliente e também para o banco.  

Além do mais, o titular da conta também pode solicitar o bloqueio do cartão, caso perceba essa necessidade. 

De qualquer forma, todas as opções de bloqueio acontecem como medidas de segurança. Seja por que o cliente digitou a senha errada muitas vezes seguidas, seja por que o valor da compra é muito alto e o banco impede que seja concluída, ou mesmo que o próprio titular solicite o bloqueio do cartão. Em todas as alternativas, o cliente pode entrar em contato com a Central de Atendimento do Cartão para verificar o que aconteceu e como solucionar o problema. 

Para evitar de passar por constrangimentos com cartão de crédito, o ideal é sempre andar com um pouco de dinheiro, e não limitar as suas finanças em apenas um local. Há pessoas que até preferem usar dois cartões de crédito. Até por que eles também são uma maneira de se protegerem contra o ataque de ladrões. Exatamente por isso é que praticamente ninguém anda com dinheiro em mãos hoje em dia. A melhor opção tem sido o cartão de crédito. 

Vale lembrar que nada tem a ver com o lojista. Por isso, não adianta brigar com ele e dizer que o cartão tem saldo suficiente. Ou ficar insistindo para que passe o cartão novamente. Embora seja uma situação muito constrangedora, pois a gente só fica sabendo do bloqueio no momento de usar o cartão, é preciso manter a calma. O lojista realmente não tem culpa. O cliente tem que contatar a Central de Atendimento do seu cartão para entender o que realmente aconteceu, mediante a confirmação dos seus dados. 

Como Ter Um Cartão Aprovado Pela Internet: Fácil e Rápido

Como Ter Um Cartão Aprovado Pela Internet: Fácil e Rápido

Ter um cartão de crédito pode ser muito bom em certas situações. Eles costumam ser ótimos aliados, quando sabemos como usá-los da forma correta. A questão é que, para ter um cartão de crédito, o consumidor precisa cuidar bem do seu nome e das suas contas, pois as empresas estão cada vez mais exigentes nesses aspectos. No post de hoje, daremos algumas dicas de como conseguir um cartão de crédito pela internet de forma fácil e rápida. Continue lendo. 

Acompanhe a Reputação do Seu Nome no Mercado 

Na hora de avaliar se disponibiliza ou não um cartão de crédito para o consumidor, as empresas contam com uma ferramenta chamada credit score, ou pontuação de crédito. Esse é um dos principais fatores levados em consideração pelos emissores de cartão de crédito. A pontuação de cada pessoa no credit score indica como anda o seu relacionamento com o mercado, se o consumidor cumpre com as suas obrigações e se está pagando as suas contas em dia. Considera também as solicitações de empréstimos e financiamentos.  

Quanto mais solicitações o cliente tiver em seu nome, menos chances ele terá de conseguir um cartão de crédito. O emissor do cartão de crédito avalia o total das dívidas assumidas com o total da renda atual do consumidor. Se ele entender que não há como ele honrar com o cartão de crédito além de todas as responsabilidades financeiras que já possui, o emissor então nega o pedido. 

Dessa forma, se você deseja ter um cartão de crédito, procure manter as suas dívidas em dia, se tiver outros cartões de crédito, procure manter os seus saldos baixos e evite contrair novas dívidas. Manter um bom histórico de crédito tem um determinante na hora de obter um cartão de crédito. 

Pague Suas Dívidas Se Quiser Ter Um Cartão de Crédito 

A pontuação de crédito é medida, em boa parte, por quanto o consumidor deve. As dívidas em outros cartões de crédito são ainda mais prejudiciais. Procure não gastar mais que 30% do limite do seu cartão de crédito. Vá eliminando as dívidas até pagar tudo antes de solicitar um novo cartão de crédito. Isso vale para todas as dívidas, seja para financiamento, empréstimos, ou outra dívida qualquer. Se tiver a possibilidade, transforme todas as suas dívidas em uma só, concentrando tudo em apenas um empréstimo, que trabalhe com juros mais baixos. 

É Possível Solicitar Um Cartão de Crédito Pela Internet? 

Existe ainda outra alternativa para quem deseja ter um cartão de crédito de maneira mais rápida: trata-se de cartões solicitados pela internet. Nesse caso, a aprovação costuma ser bem mais rápida, em alguns casos, o emissor do cartão sequer exige comprovante de renda. Veja abaixo algumas opções de cartões de crédito com aprovação imediata: 

• Cartão Saraiva: essa é boa opção, pois não possui anuidade, não exige comprovante de renda, conta com um cartão Visa Internacional e programas de vantagens. 

 Cartões Lojas Online: esses cartões são mais fáceis por que pertencem a lojas, e não a bancos. A aprovação é mais fácil, pois o interesse dos lojistas é que o consumidor tenha o seu cartão. 

• Cartão Trigg: embora esse cartão passe por análise, o resultado não demora para sair. Com ele, o cliente tem a vantagem de receber o casback, ou seja, 1,3% do valor que gastar na sua fatura mensal. E o consumidor ainda controla tudo pelo celular. 

 Cartão pré-pago: para ter esse cartão, não é necessário comprovar renda, a solicitação não passa por consulta, o próprio cliente controla dos seus gastos e o cartão ainda não trabalha com limite. O cliente realiza a recarga e usa nas suas compras do dia a dia. 

Principais Códigos de Erro do Cartão: 05, 50, 51, 57, 58 …

Principais Códigos de Erro do Cartão: 05, 50, 51, 57, 58 … 

Cielo, operadora de máquinas de cartão, possui vários códigos que servem para indicar erros que acontecem no sistema, ou erros de conexão de rede. Cada um desses números detalha um erro diferente. Além de fornecer informações que podem evitar muitos constrangimentospara os clientes, quando o comerciante conhece os seus significados. Além de ajudar muito na solução dos problemas de uma forma bem mais fácil. 

Se você é comerciante ou cliente, com certeza pode se beneficiar ao saber o significado de cada código em algum momento. Por isso, detalharemos abaixo cada um desses códigos de erro para te ajudar. Confira: 

Erro 01 – Venda não autorizada: se esse erro acontecer, indica que o banco emissor do cartão não autorizou a efetivação da compra. Ele indica que o cliente está realizando uma compra de valor maior que tem costume. E, por questões de segurança, o banco não autoriza a finalização. Para resolver, basta que o cliente ligue na central de atendimento do seu cartão que a questão é resolvida. 

Esse erro pode indicar também que o estabelecimento não está mais afiliado com a Cielo. Se for o caso, o lojista precisa usar outra máquina ou contatar o suporte da Cielo. 

Erro 03 – Não foi encontrada transação para o Tid ‘********’ – Venda não autorizada: várias são as situações que causam esse problema, como: código de segurança inválido, número de parcelas ultrapassa o permitido, instabilidade do sistema da Cielo ou o número do cartão é inválido. Nesse caso, se mesmo usando outra máquina não resolver, deve-se entrar em contato com a central do cartão e da Cielo. 

Erro 05 – Venda não autorizada – Contate o emissor do seu cartão: pode indicar que o limite do cartão foi estourado ou que a seja uma transação suspeita. Nesse caso, é preciso entrar em contato com a central do cartão para saber o motivo de não-autorização. 

Erro 07 – Transação negada – Venda não autorizada: esse erro também acontece se o limite do cartão for estourado ou se a transação parecer suspeita. Entre em contato com a central de atendimento do cartão para que eles informem o motivo da recusa. 

Erro 08 – Código de segurança inválido: nesse caso, basta digitar o código corretamente. 

Erro 10 – Não é permitido o envio do cartão: esse erro pode acontecer se os serviços da Cielo estiverem instáveis, ou se o estabelecimento não tiver liberação para enviar o cartão. Pode-se entrar em contato com a operadora da máquina para que eles configurem a máquina. 

Erro 11 – Venda com parcelado tipo “2” não habilitado: é preciso saber exatamente qual o limite de parcelamento do estabelecimento no Parcelado Loja. Isso evita constrangimento para os clientes. 

Erro 12 – Venda não-autorizada: ocorre por problemas no chip ou na tarja magnética do cartão. O melhor é trocar o cartão. 

Erro 13 – Venda não-autorizadanesse caso, o lojista deve se atentar para o valor da parcela que digitou. Se for menor que a parcelamínima, esse erro ocorrerá. 

Erro 41 – Venda não autorizada – Contate o emissor do cartão: acontece quando o limite do cartão foi estourado ou quando a transação é suspeita. 

Erro 51 – Transação negada – Venda não autorizada – Contate o emissor do seu cartão: esse erro também acontece por causa de estouro no limite do cartão ou por transação suspeita. 

Erro 54 – Cartão vencido ou data de vencimento incorreta: os dados que o cliente forneceu podem estar incorretos ou o cartão está vencido. 

Erro 57 – Venda não-autorizadaesse erro acontece quando o cartão é usado em rede diferente, digitar os dados incorretos e quando o emissor do cartão não faz parte da rede Verified by Visa. 

Erro 78 – Transação negada – Venda não-autorizada: acontece quando o cartão está bloqueado. O cliente vai até um caixa eletrônico para desbloqueá-lo. 

Erro 81 – Transação negada – Por favor, refaça a transação: cartão usado não foi emitido pelo Bradesco. 

Erro 96 – Autorização negada: problema de comunicação com a bandeira do cartão. Pode ser um problema de conexão da máquina. 

Erro 99 – Sistema do banco temporariamente fora de operação, por favor tente mais tarde: o sistema do banco está fora do ar.  

Erro 110 – Não foi possível processar a transação. Sistema sem comunicação. Tente mais tarde: esse erro acontece quando são utilizados cartões de outros bancos. 

Erro 196 – Venda não autorizada: pode ser que o cartão seja de testes da Cielo, ou que alguma informação do cartão está incorreta. 

Erro 213 – Não foi possível processar a transação: esse erro representa uma falha de comunicação com o banco emissor do cartão. 

Erro 213 – Não foi possível processar a transação. Identificador da transação TID duplicado: algo fez com que o pop-up da operadora foi aberto em segundo plano, ou que o pop-up não abriu, por ter um bloqueador de pop-up no navegador e, sem que o cliente percebesse, ele clica em “clique aqui” no iPAGARE. Isso força a abertura de pop-up. O mesmo TID é reenviado, e isso resulta numa mensagem em questão. Nesse caso, o cliente precisa reenviar e refazer a transação. 

Erro 215 – Transação não finalizada: esse erro se refere a problemas com o pop-up bloqueado no navegador dos clientes. 

Erro 244 – Não foi possível processar a transação: o cartão que o cliente está usando pode não fazer parte da rede credenciada. 

Erro 995 – Não foi possível processar a transação: vários motivos podem causar esse erro, como o cartão não é do Bradesco, cartão internacional e o banco emissor não participa da rede Verified by Visa, ou o cliente pode estar tentando comprar parcelado com cartão internacional, e este não permite parcelamento. O cliente pode ainda estar usando de forma errada o cartão, usando como débito ao invés de crédito. 

Erro 997 – Não foi possível processar a transação: uma falha de autenticação com o banco pode causar essa falha, ou erro de digitaçãodos dados do cartão. 

Erro 999 – Transação negada – Venda não autorizada: ocorre quando o cartão não foi emitido pelo Bradesco, ou quando a página onde os dados devem ser digitados fica muito tempo aguardando a digitação. 

Erro 5115 – Não foi possível processar a transação: quando o cliente tenta realizar um pagamento com cartão emitido no exterior que não seja autenticado no Internet Banking corretamente. 

5 Cartões de crédito Sem Anuidade

5 Cartões de Crédito Sem Anuidade

Os cartões de são ferramentas indispensáveis nos dias de hoje. Isso porque ele nos permite fazer compras parcelas com até 40 dias para começar a pagar; nós não precisamos andar com valores em espécie por aí, correndo o risco de sermos assaltados; a praticidade de comprar em qualquer loja, seja física ou online, e muito mais.

É um instrumento de muita utilidade, quando o assunto é sobre nossas finanças pessoais. É a modalidade de pagamento mais usada no Brasil. No entanto, há uma questão importante a se observar. Trata-se da anuidade de cartão de crédito. A reclamação do consumidor é que essa é uma taxa sem retorno, pois não retorna em forma de nenhum benefício para o consumidor.

A boa notícia é que é possível ter um cartão de crédito com uma anuidade reduzida ou, o que é ainda melhor, não pagar nada de anuidade.

Como Funciona a Anuidade do Catão de Crédito?

A anuidade é uma taxa cobrada pelo banco para que o consumidor use o cartão. Essa taxa é legal, não há nada que impeça os bancos de cobrarem. E ela pode ser paga à vista ou em parcelas.

A anuidade só pode ser cobrada após o cliente ter desbloqueado o cartão. O cliente receberá um contrato junto com o cartão contendo todos os seus direitos e suas obrigações. Caso o cliente peça um cartão adicional, uma anuidade extra poderá ser cobrada também. Além do mais, caso o cliente cancele um cartão que tenha anuidade, ele poderá solicitar o reembolso do valor pago referente ao período em que não usou o cartão.

Alguns bancos costumam negociar os valores da anuidade para não perderem o cliente. Há também aqueles que não cobram nenhum valor de anuidade. Isso mesmo: anuidade zero.

Conheça 5 Opções de Cartão de Crédito Sem Anuidade

 Separamos abaixo 5 opções de cartões com anuidade zero. Confira:

Cartão de Crédito Petrobrás: uma boa opção de cartão sem anuidade e sem condicionais.

– Você não precisa fazer nenhuma compra mensal para garantir a isenção da anuidade;

– O Cartão Petrobras Visa International é aceito no mundo inteiro;

– O cliente tem até 40 dias para pagar;

– Promocionalmente sem taxa de adesão, sem anuidade, sem extrato e sem tarifas de manutenção,

– Descontos e muitos benefícios em vários parceiros.

Cartão de Crédito Santander Free: a isenção desse cartão está condicionada a uma compra de R$ 100, no crédito. Se o cliente não realizar a compra, o valor proporcional da anuidade será cobrado na fatura tanto do titular, quanto do cartão adicional. Para saber o valor da anuidade, basta consultar a tabela de serviços ou os canis de atendimento que o Santander oferece.

– Cartão com isenção de anuidade condicionada a uma compra no crédito de R$ 100,00 todo mês. Se cartão não for utilizado, será cobrada a anuidade proporcional aos meses em que não houve compra.

– Até 40 dias para pagar as compras

– Santander Esfera: cada R$ 5,00 em compras no crédito equivalem a 1 ponto no Bônus Esfera, que pode ser trocado em diversos benefícios.

– Limite de crédito para adicional: o titular do cartão é quem estipula o limite de crédito para cada um dos cartões adicionais.

Cartão de crédito Nubank: uma das melhores opções atualmente, esse cartão conta com o serviço exclusivo de gerenciamento através de um aplicativo próprio instalado no smartphone.

– Assistência Médica;

– Proteção de preços e de compras;

– Saque de emergência;

– Seguro grátis de aluguel de carros, seguro e proteção em viagens;

– Central de atendimento em qualquer lugar do mundo em português;

– Reposição emergencial do cartão em viagem ao exterior,

– Programa “Mastercard Surpreenda”.

Cartão de crédito Digio: também permite o gerenciamento pelo celular.

Não é cobrada tarifa de emissão do cartão;

– O cartão é 100% gerenciado pelo aplicativo;

– Não é cobrada anuidade;

– Não há necessidade de comprovação de renda,

– Não é cobrada tarifa de manutenção do cartão.

Cartão de crédito iPlace: a iPlace possui mais de 100 lojas espalhadas pelo Brasil, além de também possuir o site.

– A primeira compra no cartão é liberada na hora;

– Condições especiais de parcelamento em até 24x;

– Bandeira GoodCard aceita em mais de 850.000 lugares,

– Sem anuidade.

Quais os Cartões Ourocard do Banco do Brasil

Quais os Cartões Ourocard do Banco do Brasil

Conheça abaixo os cartões Ourocard do Banco do Brasil. Esses cartões possuem os limites mais altos e oferecem muitos benefícios para os clientes, dentro e fora do país. Confira a seleção abaixo e conheça suas principais características:

Cartão de crédito Ourocard Elo Nanquim: esse cartão pode ser usado durante as viagens nacionais e internacionais, para as compras do dia a dia, ou seja, em toda parte.

– Vantagens desse cartão: a cada US$ 1,00 gasto nesse cartão, o cliente pontua 2,2 pontos, ou o equivalente em real.

– Anuidade: para cartões solicitados até o dia 29/06/2018, a anuidade é promocional e ainda com carência de 12 meses. Confira os valores:

-Titular: 12 parcelas de R$ 76,92, ou R$ 923,00.

-Adicional: 12 parcelas de R$ 37,46, ou R$ 461,50.

– Como fazer o cartão: é necessário comprovar renda mínima para ter o cartão. Para os correntistas, o limite será calculado na agência. Os documentos necessários são: documento de identidade, CPF, comprovante de renda e comprovante de endereço.

Cartão de crédito Ourocard Visa Infinite: esse cartão é oferecido apenas para um seleto grupo de convidados.

– Vantagens: a cada dólar, ou o equivalente em real, gasto no crédito ou no débito, o cliente acumula 2 pontos.

– Benefícios em viagens: são muitos. Citaremos apenas alguns deles, como compensação por emergência médica, Seguro Locação de Veículos, Serviço de Assistência de Viagem, Assistência com emergências médicas, Envio de mensagens urgentes, e muito mais.

– Anuidade: quanto mais o cliente usar o cartão, mais descontos ele terá na anuidade, podendo chegar a 100% de  desconto.

Cartão de crédito Ourocard MasterCard Black: essa também é uma opção de cartão também oferecido a um seleto grupo de convidados.

– Vantagens: o cliente acumula 2 pontos em cada dólar que gastar na função de crédito ou de débito, ou o equivalente em rel.

– Benefícios: compensação por emergência médica, serviço de assistência de viagem, seguro de proteção de compra, seguro de garantia estendida, seguro de extravio ou atraso de bagagem e muito mais.

Cartão de crédito Ourocard Elo Grafite: pode ser usado nas compras do dia a dia. Permite que os pagamentos  sejam feitos no débito e no crédito, saques em caixa eletrônico e acesso a conta corrente.

– Vantagens: com esse cartão, você acumula 1,4 ponto a cada U$S 1,00 que gastar, ou o equivalente em real.

– Anuidade: para os cartões solicitados até o dia 29/06/2018, a anuidade está com um preço promocional e ainda tem 12 meses de carência.

-Titular: 12 parcelas de R$ 35,00, ou R$ 420,00

-Adicional: 12 parcelas de R$ 17,50, ou R$ 210,00

Cartão de crédito Ourocard Platinum: esse cartão possui múltiplas funções. Muitas vantagens e benefícios. Pode ser utilizado em compras no Brasil e no exterior, em toda parte. Além de transações pela internet.

– Vantagens: optando pela bandeira Visa, o cliente pode pedir o cartão de crédito Ourocard Elo Grafite com 90% de desconto na anuidade.

Anuidade: titular: 6 parcelas de R$ 75,34, ou R$ 452,00.

Adicional: 6 parcelas de R$ 37,67, ou R$ 226,00.

Cartão de crédito Ourocard Elo Mais: pode ser usado para compras no crédito e no débito em seu dia a dia.

– Vantagens: o cliente acumula 1,2 pontos a cada U$S 1,00 gasto, ou o equivalente em real.

– Anuidade: cartões solicitados até o dia 29/06/2018 estão com anuidades promocionais e com carência de 12 meses.

-Titular: 12 parcelas de R$ 22,92, ou R$ 275,00.

-Cartão adicional: 12 parcelas de R$ 11,46, ou R$ 137,50.

Cartão de crédito Ourocard Gold: com esse cartão, o cliente pode movimentar os seus investimentos e sua conta corrente por meio de milhares de caixas eletrônicos espalhados pelo Brasil.

– Vantagens: optando pela bandeira Visa, o cliente pode receber também o cartão de crédito Ourocard Elo Mais, e ganhar um desconto de 90% na anuidade. Ou ainda, pode receber o cartão de crédito Ourocard Elo Mais, garantido 90% de desconto.

Como Funciona o Limite do Cartão de Crédito: Entenda Tudo

Como Funciona o Limite do Cartão de Crédito: Entenda Tudo

O cartão de crédito, quando bem usado, pode ser de grande ajuda no dia a dia. Seja para as compras mais urgentes, ou para comprar um bem um pouco mais caro. Algumas questões básicas que devem ser observadas, é com relação ao limite do cartão e os juros em caso de atraso das faturas. É muito importante não estourar o limite do cartão. Isso pode gerar muitos problemas, como faturas muito altas e uma grande desordem nas suas finanças.

A questão é que muita gente nem sabe como funciona o limite do cartão de crédito. E acabam gastando sem pensar muito. As pessoas gostam muito de usar o cartão de crédito. O grande problema é não saber como usá-lo corretamente. Para ajudar essas pessoas, nós falaremos tudo sobre o limite do cartão de crédito. Continue lendo.

Como é Feito o Cálculo do Cartão de Crédito?

Para o cálculo do limite do cartão, os bancos e as administradoras de cartões usam muitas variáveis. Uma dessas variáveis é a renda pessoal do consumidor. Dessa forma, é possível fazer um cálculo da capacidade de pagamento e determinar o valor que pode ser gasto no cartão. O valor será uma soma que não comprometa a renda do cliente. Esse valor será o limite do cartão. Lembrando que ele não deve ser ultrapassado.

O cartão de crédito é um dos maiores motivos de endividamento das famílias no Brasil. Ele representa mais da metade no ranking de motivos de endividamento.

Uma dica importante para saber como o seu cartão de crédito funciona é examinar a sua fatura. Nela, constam todos os valores cobrados. Também é importante estar ciente das tarifas que o emissor do seu cartão pode estar te cobrando, como é caso de anuidade, pedido de avaliação emergencial de limite do cartão, emissão de 2ª via do cartão, pagamento de contas. A anuidade é um fator a parte que deve ser observado, pois hoje é possível ter um cartão de crédito sem precisar pagar nenhum valor a título de anuidade.

Veja Como Funciona o Limite do Cartão de Crédito

Vamos dar um exemplo prático: suponhamos que o seu cartão tenha um limite de R$ 500,00. Se você gastar R$ 50,00, você ainda terá R% 450,00 disponíveis no seu cartão. No próximo mês, quando você quitar os R$ 50,00 que devia, você volta a ter R$ 500,00. Cada compra que fazemos reduz o limite, e sempre que pagamos, voltamos ao valor total.

Quando compramos algo parcelado, o que importa é o valor total daquela compra. Se compramos algo que custa R$ 200,00, e dividirmos em 4 vezes, será subtraído do meu cartão o valor total do bem, ou seja, R$ 200,00, e não a parcela de R$ 50,00. Dessa forma, se o meu limite é R$ 500,00 e compra algo de R$ 200,00 ainda que eu divida em parcelas, o saldo do meu cartão de crédito será de R$ 300,00.

Pagar o Valor Parcial da Fatura Impacta no Limite de Crédito

Há situações em que a pessoa não consegue quitar o valor total da fatura do cartão e opta por pagar o valor mínimo. Sobre esse valor, há a incidência de juros rotativos e de multa bem altas. Esses valores serão cobrados na próxima fatura. Isso aumenta muito o valor da fatura, e se torna um problema para o consumidor conseguir quitar a sua dívida.

O acréscimo de juros e de multas também contribuem para reduzir o limite do cartão. Além de se tornar uma verdadeira bola de neve. Esse é um dos maiores motivos de endividamento hoje em dia.