Lista de Motivos Para Devolução de DOC

Lista de Motivos Para Devolução de DOC

Já falamos o que é um DOC em outros posts, que é o Documento de Ordem de Crédito. Hoje, nós tiraremos algumas dúvidas sobre os principais motivos que levam à devolução do DOC. 

Quando vamos realizar esse tipo de transferência, se não ficarmos bem atentos ao que estamos digitando, corremos o risco de inserir alguma informação errada e a transferência não ser concluída. Porém, ainda que não seja feita, o banco cobrará a tarifa de transferência normalmente. 

Para realizar um DOC, é preciso que seja feito entre bancos comerciais ou entre bancos múltiplos, além da Caixa. Também é preciso que os bancos façam integrem o COMPE, ou sistema de compensação, e que seja aprovado pelo Banco Central do Brasil. 

Informações Necessárias Para a Realização de Um DOC 

Para realizar essa transação, é preciso informar os seguintes dados: 

• Os códigos da agência do remetente e da agência do beneficiário; 

• CPF/CNPJ do cliente que está realizando a transação e também do cliente beneficiário; 

• Os códigos do banco remetente e destinatário da transferência; 

• Finalidade da transferência; 

• Nome completo do remetente e do beneficiário; 

• Valor a ser transferido, 

• O número da conta corrente do remetente, no caso de correntista, e o número da conta corrente do beneficiário. 

Quais os Motivos Para Devolução do DOC? 

Existem algumas situações que impedem que o DOC possa ser feito. Listamos abaixo as principais causas de devolução. Confira: 
• Divergência no valor recebido – código 51; 

• Recebimento efetuado fora do prazo – código 52; 

• Apresentação indevida – código 53; 

• Transferência insuficiente para a finalidade indicada – código 56; 

• Divergência ou não preenchimento de informação obrigatória – código 57; 

• Depósito em conta de poupança recusado – código 58; 

•  Ausência da expressão “Transferência internacional em reais – Natureza da operação”. Aplicado aos DOCs destinados à transferência internacional de recursos em moeda nacional, emitidos sem consignar, de forma clara e destacada, a expressão “Transferência internacional em reais – Natureza da operação” – código 59; 

• Ausência ou divergência na indicação do número do CPF/CNPJ – código 62; 

• DOC D de conta individual (único CPF) para conta conjunta (dois CPF) e vice-versa – código 66, 

• DOC D sem a indicação do tipo de conta debitada ou creditada – código 67. 

É Possível Consertar Um DOC Errado? 

Ao realizar um DOC errado, e perceber logo em seguida, a gente logo se pergunta se dá tempo de resolver. E o que fazer para isso. 

A compensação do DOC acontece, geralmente, no próximo dia útil após a transação. Por isso, fica mais fácil consertar quando algo sai errado. No caso do DOC, a gente tem tempo suficiente para cancelar a transferência. O mesmo não acontece com a TED, cuja compensação é quase que no mesmo instante. Nesse caso, fica bem mais delicado conseguir consertar. Um cuidado muito importante a se tomar é para que o dinheiro não seja transferido para a conta da pessoa errada. 

No caso de o valor transferido ser devolvido para a conta do emitente, será preciso entrar em contato com o beneficiário e solicitar que ele confira todas as informações passadas, para tentarem corrigir o que estiver errado. 

O ideal é sempre ficar atendo à todas as informações digitadas, e conferir quantas vezes for preciso. Na dúvida, não siga com a transação. Ligue para o beneficiário e verifique as informações novamente. Ainda que demore um pouco mais para seguir com a transferência, você terá mais certeza de que está tudo bem. 

Fraudes 

Ao realizar algum tipo de negociação cujo recebimento seja via DOC ou TED, não entregue a mercadoria sem antes conferir se o dinheiro caiu na conta. O comprovante não confirma se a transferência já ocorreu de fato.

Deixe um comentário