DARF Online: Conheça os Códigos e Como Emitir a Guia Para Pessoa Física

DARF Online: Conheça os Códigos e Como Emitir a Guia Para Pessoa Física

O DARF, ou Documento de Arrecadação de Receitas Federais, é usada com muita frequência pelos contribuintes para pagarem contribuições, taxas e etc. É um documento vinculado ao Ministério da Fazenda. A finalidade do DARF é recolher os débitos referentes a impostos e contribuições. E é usado por órgãos como Procuradoria Geral da Fazenda e Receita Federal por exemplo. 

É um documento que serve tanto para pessoas físicas quanto para pessoas jurídicas. 

Tipos de DARF? 

Existem dois tipos de Darf: 

DARF Simples: a criação do DARF simples se deu para que as micro e pequenas empresas que são inscritas no Simples Nacional pudessem recolher os seus impostos em apenas uma guia, uma guia unificada. De forma que o processo tanto de cobrança quanto de pagamento ficasse mais fácil. Desde de 2011, após a lei do Simples Nacional entrar em vigor, o DARF foi substituído pelo DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional. 

DARF Comum: o DARF comum também foi criado no mesmo ano. E é usado em várias situações, tanto por pessoas físicas como por pessoas jurídicas. É considerada a principal guia de arrecadação para tributos federais. 

Como Preencher os Campos do DARF 

É importante preencher todos os campos corretamente, de forma bem atenta: 

Campo 1: nome completo da pessoa física ou a razão social do devedor principal. 
Campo 2: período de apuração do recolhimento. 
Campo 3: número do CPF ou do CNPJ do devedor principal. 
Campo 4: código de pagamento, conforme tabela disponibilizada pela Receita Federal. 
Campo 5: número de referência dependendo do tipo de débito, como é o caso de pagamentos à Dívida Ativa da União. 
Campo 6: data de vencimento, no formato dd/mm/aaaa. 
Campo 7: valor principal, excluindo multa ou juros. 
Campo 8: valor da multa de mora. 
Campo 9: valor de juros e encargos. 
Campo 10: valor total do Darf, correspondente à soma dos campos 7, 8 e 9. 

Campo 11: reservado para autenticação bancária de pagamento. 

As informações solicitadas podem variar de acordo com o modelo da DARF. Demais informações obrigações podem ser consultadas no modelo DARF disponível no site da Receita Federal. 

Como Emitir DARF? 

A Receita Federal disponibiliza ferramentas que ajudam no processo de emissão do DARF.  

• Sicalc: software específico que a Receita Federal criou. É preciso baixar e instalar o programa no notebook e computador para que seja possível emitir guias e realizar operações a respeito do DARF. Uma das vantagens desse sistema é que ele é atualizado todo primeiro dia útil do mês, para que a taxa Selic possa ser acompanhada de forma mais precisa. Assim, o cálculo do imposto fica é o mais correto possível. 

• Sicalweb: a Receita Federal também disponibiliza essa plataforma online, que permite realizar o cálculo e impressão do documento. Para isso, basta acessar o site e preencher as informações de identificação, como cidade, estado, código da receita e etc. No caso de usar esse caminho, é preciso pagar a guia em um banco que seja credenciado. E o pagamento pode ser feito pelo internet banking, terminal de autoatendimento, débito em conta (em caso de parcelamento de dívidas), por meio de aplicativos ou gerenciador financeiro. E o pagamento pode ser feito ainda que não tenha o código de barras do documento. 

Como Pagar DARF Em Atraso 

Mesmo atrasada, é possível realizar o pagamento do DAR. Para isso, é preciso acessar o site e emitir uma nova guia (Sicalcweb) ou através do programa Sicalc, da Receita Federal. Essa nova guia virá acrescida de juros e multa. Por isso, fique atento à data de vencimento. Evite gastos desnecessários. 

O Que Fazer se Algum Campo For Preenchido Errado? 

Nesse caso, é possível alterar a guia  por meio do Redarf, acessando o site do e-cac.

Deixe um comentário