Como Não Ter Erro Em TED e DOC?

Como Não Ter Erro Em TED e DOC?

A internet está sendo cada vez mais usada pela população nos dias de hoje. Ela tem trazido uma enorme facilidade para várias questões do dia a dia. E uma delas é a transferência eletrônica de valores. Em que podemos enviar dinheiro de uma conta para outra sem precisar nem mesmo sair de casa. 

Essas transferências são feitas via TED e DOC. Só para relembrar, a TED (Transferência Eletrônica Disponível), é uma das maneiras de transferir dinheiro de uma conta para outra, para o mesmo banco ou para bancos diferentes. A compensação ocorre no mesmo dia, e em apenas alguns minutos. Não existe limite para ser transferido via TED. Já o DOC (Documento de Ordem de Crédito), é a outra forma de transferência de valores que pode ser feita entre o mesmo banco ou entre bancos diferentes. Nesse caso, a compensação é mais demorada, podendo demorar até o dia seguinte para acontecer. No DOC, não há limite mínimo para transferir, mas há o limite máximo de R$ 4.999,99. 

As únicas coisas que o usuário precisa fazer é se cadastrar no site do seu banco, acessar ointernet banking, e fornecer os dados da conta do favorecido, seja pessoa física ou jurídica. Sem nada de trabalho, você realiza a transferência e pode salvar o comprovante da transação. 

Todo o processo é seguro. Porém, o usuário pode cometer alguns erros na hora de digitar os dados e a transferência não ser realizada. É preciso ficar muito atento aos dados inseridos, conferir bem antes de finalizar a transação. 

Para ajudar, separamos alguns dos erros mais comuns que ocorrem nesse tipo de transação e o que podemos fazer quando eles acontecerem. São erros bem fáceis de acontecerem. 

Quais os Principais Erros Que Podem Acontecer nas Transferências? 

Quando vamos realizar algum tipo de transferência, precisamos informar alguns dados, como: o código da instituição que receberá o valor, código da instituição de onde o valor será retirado, valor da transferências, dados da conta do favorecido (agência e conta), a data da transferência, nome dobeneficiário, CPF ou CNPJ. 

O que acontece com muita frequência é, no momento de digitar os dados, o usuário informar algum dado errado, seja por falta de atenção ou por não compreender bem o que está sendo pedido. 

Dentre os erros mais comuns, estão: 

 Informar o banco errado: vários bancos possuem mais de um registro. O que faz com que a pessoa confunda o nome correto na hora de selecionar o que deseja. 

• Conta corrente da pessoa favorecida: é preciso informar o código verificador no caso de conta corrente. Deve-se sempre adicionar o último número. 

• Agência de destino: o número da agência é composto de 4 dígitos, desconsiderando o código verificador. Caso o número da sua conta tenha menos que 4 dígitos, não complete. Deixe apenas os 3 números mesmo, sem o código verificador. 

• Data da compensação: podemos escolher entre agendar a compensação ou enviar no mesmo dia. É comum as pessoas confundirem e acabarem agendando uma data futura sem querer. 

• Valor a ser transferido: confira atentamente o valor digitado. Um zero a mais ou a menos, com certeza, uma enorme diferença. 

 CPF ou CNPJ: informe corretamente o CPF ou CNPJ do beneficiário. Caso contrário, o banco não conseguirá efetivar a transação. 

Como Não Ter Erro Em TED e DOC? 

Para evitar esses e outros erros em uma transferência, a melhor maneira é ficando muito atendo aos dados digitados. Confira quantas vezes for preciso. Se o dinheiro for transferido para uma conta errada, pode dar um enorme trabalho para conseguir reaver o valor. Se o erro acontecer por culpa do banco, ele é obrigado a solucionar.

Deixe um comentário