Como Movimentar ou Encerrar Uma Conta Conjunta? Precisa de Todos os Titulares? 

Como Movimentar ou Encerrar Uma Conta Conjunta? Precisa de Todos os Titulares? 

Uma conta conjunta é uma única conta em que duas ou mais pessoas são titulares. A abertura segue os mesmos procedimentos de uma conta corrente individual e a documentação a ser apresentada é a mesma. Porém, para a assinatura do contrato, é preciso que todos os titulares estejam presentes. 

Normalmente, os documentos solicitados são: comprovante de renda, documento de identificação (RG, CNH, e etc.) e um comprovante de residência atualizado. 

Uma conta conjunta pode ser aberta por qualquer pessoa maior de 18 anos, com quem desejar, mesmo que não sejam parentes. 

Uma conta conjunta pode ser somente conta poupança, somente conta corrente ou as duas juntas. 

Como Movimentar Uma Conta Conjunta? 

Existem, basicamente, das modalidades de conta conjunta: a solidária e a não-solidária. 

A movimentação de uma conta solidária pode ser feita por qualquer um dos titulares individualmente. Imagine que você tenha uma conta conjunta com alguém com um saldo de R$ 5.000,00. Se você quiser sacar o valor total ou parcial sem a presença do outro titular, você poderá sacar. E vice-versa. 

No caso da conta não-solidária, para movimentá-la, é preciso da concordância de ambas os titulares. Qualquer saque que for feito na conta deverá ser autorizado por todos os titulares. A sua movimentação é por meio de cheque, onde todos os titulares precisam assinar para que o documento tenha validade. 

Quem tem uma conta individual pode, a qualquer momento, transformá-la em conta conjunta. 

A movimentação de uma conta conjunta solidária poderá ser feita por qualquer titular de forma individual, pelo uso de cartões, caixas eletrônicos, cheques, internet e outros. 

Já a movimentação da conta conjunta não-solidária será um pouco diferente, pois precisa da autorização de todos os titulares. As movimentações podem ser feitas mediante cheque assinado por todos os titulares, assinatura de todos na boca do caixa das agências, acesso pelo internet banking mediante a assinatura digital de todos os titulares, e etc. 

Como é a Cobrança de Tarifas em uma Conta Conjunta? 

Seja qual for a quantidade de titulares, será cobrada a tarifa de uma conta apenas. No caso de conta poupança, não há cobrança de tarifas, assim como acontece com a conta poupança individual. 

Como Encerrar Uma Conta Conjunta? 

O primeiro passo para encerrar uma conta conjunta é zerando o saldo da mesma. Depois, todos os titulares terão que comparecer à agência para o encerramento. Alguns bancos permitem que apenas um titular possa comparecer no dia do encerramento. É preciso verificar antes como funciona no seu banco. 

Como Retirar Um dos Titulares da Conta Conjunta? 

Para retirar algum dos titulares de uma conta conjunta, é preciso que todos assinem o contrato. Pode acontecer de não ser possível excluir um titular. Nesse caso, o procedimento é encerrar a conta existente e abrir uma nova conta, retirando o titular. 

Como Fica se Um dos Titulares da Conta Falecer? 

No caso de falecimento de um dos titulares, o banco precisa ser informado para que possa tomar as medidas necessárias. No caso da conta conjunta simples, ela não poderá ser movimentada, pois todos os membros devem concordar com as transações realizadas. A conta deverá, então, ser encerrada. E o saldo será redistribuído conforme e legislação brasileira. 

Já no caso de conta conjunta solidária, como todos os titulares pode movimentar a conta sem a autorização de ninguém, a situação pode ser um pouco mais delicada. Conforme a situação, o saldo da conta deverá ser inventariado. E, dependendo das movimentações,elas poderão ser consideradas ilegais. 

Vantagens e Desvantagens de Uma Conta Conjunta 

Seguem abaixo algumas vantagens em se ter uma conta conjunta: 

• Mais facilidade na hora de organizar as despesas do casal; 

• Fica mais barato investir de dois, 

• Mais claridade nos planos de médio e longo prazo, pois se tem uma melhor visão da dimensão dos gastos no caso de um casal. 

Agora, confira as desvantagens: 

• Não à independência financeira, 

• Quanto mais transparência, mais cobrança.

Deixe um comentário