Como Consultar Todas Suas Dívidas e Financiamentos? Registrato

Como Consultar Todas Suas Dívidas e Financiamentos? Registrato 

O Registro de Informações do Banco Central, ou Registrato, como é mais conhecido, é um sistema onde o cidadão pode consultar dois tipos de informações: o SCR (Sistema de Informações de Crédito), onde é possível verificar todo o histórico de relacionamento do cidadão com os bancos e instituições bancárias e ainda como anda a situação de alguma dívida ou financiamento que o cliente tenha naquele momento. A outra informação que o cidadão também consegue verificar no Registrato é o CCS (Cadastro de Clientes no Sistema Financeiro), onde é possível verificar sobre os relacionamentos que o consumidor tem com bancos, como as questões de empréstimos, de contas (corrente e poupança). 

As informações constantes no Registrato só podem ser consultadas pelo próprio cliente. Ele foi criado e é gerido pelo Banco Central, com a intenção de facilitar para o consumidor o acesso, de maneira bem segura, rápida e prática, à relatórios sobre o seu relacionamento com o mercado de crédito. 

É muito importante lembrar que, apesar de os relatórios exibidos no Registrato serem produzidos pelo Banco Central do Brasil, as informações contidas neles são de responsabilidade dos bancos e das instituições financeiras. 

Como Funciona o Registrato? 

Registrato é disponibiliza informações sobre o cadastro do consumidor no sistema financeiro, e dá detalhes do relacionamento com os bancos, mostrando se a pessoa possui alguma dívida com o banco ou com a instituição financeira, como empréstimos e financiamentos, se possível conta corrente ou poupança, e etc. 

O principal objetivo desse sistema é permitir que o consumidor tenha acesso a todas as operações feitas dentro do sistema de créditos e do sistema financeiro, de forma que fique mais fácil gerir as finanças pessoais, além de também dar ao consumidor a oportunidade de analisar melhor o risco de crédito. 

As Informações Contidas nos Relatórios São Atuais? 

Nem sempre. Ao acessar o Registrato, algumas informações mais recentes podem não constar nos relatórios. Isso acontece porque pode haver uma demora no envio dos dados por parte dos bancos e das instituições financeiras. Por isso, após o credenciamento, o consumidor pode realizar consultas periodicamente, para manter-se atualizado quanto às suas informações. 

As informações presentes nos relatórios do Registrato podem ser vantajosas ou não para o consumidor. Se ele tiver crédito com alguma instituição, isso será uma vantagem apresentada. Agora, se ele tem dívidas, faturas de cartões atrasadas, pagamentos de empréstimos e financiamentos em atraso, será desvantagem. 

É Preciso Pagar Algum Valor Para Acessar o Registrato? 

Para poder acessar o Registrato, o consumidor não precisa pagar nenhum valor. Basta apenas acessar a página do Banco Central do Brasil, e depois procurar pela opção de “Registrato”. Quando acessar pela primeira vez, o site irá fornecer todas as informações necessárias para que o consumidor consiga se credenciar à página. 

Pessoa Jurídica Também Pode Acessar o Registrato? 

Sim. Até mesmo as empresas podem ter acesso ao Registrato e aos relatórios que ele disponibiliza. Para isso, é preciso que o representante legal faça o seu credenciamento online, ou mesmo por meio de correspondência para que possa receber a senha que dará acesso ao sistema. 

Muitas pessoas não têm controle e acabam se esquecendo de alguns compromissos importantes da sua vida financeira. Com o Registrato, ele pode ter um controle bem mais fiel do seu relacionamento com as instituições financeiras e conseguir organizar melhor as suas finanças pessoais. Como não há cobrança de nenhuma tarifa, o consumidor pode consultar os seus relatórios sempre que desejar, e ir acompanhando a cada atualização feita. 

Empresas Podem Consultar as Informações Contidas no Registrato de Consumidores? 

Se a empresa precisar consultar os dados de algum consumidor, ela precisará de prévia autorização do mesmo. Por isso, é muito importante ler com bastante atenção tudo o que estiver em um contrato antes de assinar. 

Deixe um comentário