Como Usar a Biometria Para Sacar Sem Cartão

A crescente criminalidade vem fazendo com que as pessoas procuram, cada vez mais, formas de aumentar a segurança. Uma das novidades que os bancos estão implantando é a biometria. Muitos bancos já adotaram essa ferramenta que, além de oferecer mais segurança, também facilita as transações nos caixas eletrônicos. 

Com essa medida, os bancos evitam muita fraude, que podem culminar em prejuízos para o banco. Além do mais, somente o titular da conta é que pode ir à agência movimentá-la. Quem tem a biometria cadastrada não pode pedir a ninguém que saque dinheiro em sua conta, ou que faça qualquer movimentação em caixas eletrônicos. 

É Preciso Usar o Cartão da Conta Depois de Cadastrar a Impressão Digital? 

Como esse sistema ainda é novo, certamente gerará dúvida por um certo tempo. E uma das dúvidas mais comuns é sobre a possibilidade de sacar dinheiro sem o uso da biometria. Não há quem não queira mais comodidade, e evitar carregar o máximo possível de documentos e cartões. Porém, as coisas não são tão simples como se pode pensar. 

Por alguns motivos, ainda é preciso levar consigo o cartão. Confira abaixo: 

  • Falha no leitor biométrico: pode acontecer de os leitores biométricos falharem nos caixas eletrônicos. Nessa situação, se você estiver com o cartão da conta, será bem mais fácil resolver o problema.
  • Abrir as portas dos bancos: alguns bancos usam a biometria para permitir a abertura das portas do banco. Em alguns bancos, o cartão pode ser usado para abrir a porta. Mas não conte com isso todas as vezes.

Sendo assim, ainda é preciso levar o cartão sempre que for ao banco. A utilização dos dois ainda se faz necessária. Em algumas situações, pode ser preciso usar o cartão e a impressão digital juntos, ou somente a impressão digital. 

Como a biometria ainda é uma tecnologia recente no Brasil, algumas pessoas ainda sentem uma certa desconfiança. Algumas pessoas até rejeitam essa nova tecnologia o máximo que podem. Especialmente as pessoas que não têm muita afinidade com tecnologia. 

A principal desvantagem, de acordo com algumas pessoas, é o fato de somente o titular da conta poder movimentá-la, como dissemos acima. Assim, os filhos que recebem para os pais idosos, por exemplo, não poderão mais sacar nenhum valor nas contas dos pais.  

Outra coisa que as pessoas temem muito é terem um membro do corpo cortado por bandidos, na intenção de acessarem a conta e roubarem tudo o que encontrarem nela. Ou de serem sequestrados e obrigados a sacar dinheiro. 

Por outro lado, a biometria é considerada como uma tecnologia muito segura, mais até que o uso de senha e de cartão. A gente costuma ver por aí uma série de golpes envolvendo clonagem de cartões, além de roubos de senha e do cartão. 

Além do mais, a biometria é um sistema bem mais ágil, ele otimiza muito a transação nos caixas eletrônicos. 

Aos poucos, os bancos estão migrando para essa nova tecnologia. Em breve, todas as pessoas terão que estar com o seu cadastro biométrico pronto para acessarem a sua conta. 

Todas as medidas se segurança adotadas pelos bancos hoje em dia ainda não conseguem evitar 100% das fraudes. É muito difícil que alguém consiga duplicar a biometria. As chances de fraudes são praticamente nulas. 

Para os usuários, a biometria traz uma outra facilidade: a de não ser preciso decorar senha de acesso e nem solicita o uso de token. 

O grande problema para a implantação da biometria em larga escala é o seu alto custo. No entanto, esse problema tende a ser resolvido com o passar do tempo. 

Deixe um comentário