Como Pagar Um Boleto Atrasado? Gerar Um Novo ou Acrescentar Juros

Muita gente ainda recebe boletos bancários para pagamento. Embora a grande maioria coloque-os no débito automático, para facilitar a vida e evitar o esquecimento, a grande maioria das pessoas ainda não usam essa enorme facilidade. E o que costuma acontecer com muita frequência é a pessoa se esquecer de pagar o boleto e ele vencer. Em alguns casos, o consumidor precisa priorizar o pagamento de uma conta em detrimento de outra, pois o salário não seu para pagar todas as contas. Ou ainda, o boleto pode ter vencido por simples falta de planejamento da pessoa. 

Daí, não adianta tentar pagar o boleto de qualquer forma, nem ir à uma agência bancária.  

Normalmente, costumam vir várias informações no boleto sobre o pagamento fora da data de vencimento. Em alguns casos, o pagamento só poderá ser feito em uma agência do banco emissor do boleto. Em outros casos, o pagamento poderá ser feito em qualquer banco, ou em um certo grupo de bancos. 

A grande maioria dos boletos, quando emitidos por prestadores de serviço, podem ser pagos a qualquer momento, pois os encargos e multas devido ao atraso, serão cobrados na fatura do próximo mês. Nesses casos, não há a necessidade nem de emitir um novo boleto. 

Porém, atrasar um boleto não é uma boa alternativa. Pagando em dia, você evita a incidência de multa e não paga mais pelo serviço prestado. 

Em contrapartida, existem alguns boletos que só podem ser pagos até o vencimento. Após essa data, será preciso atualizá-lo. E esse procedimento pode ser feito pelo próprio cliente, através do site da empresa que emitiu o boleto. 

Como Atualizar Um Boleto Atrasado? 

A atualização do boleto facilita muito a vida do consumidor que não precisa se dirigir até a loja para solicitar um novo boleto, ou pedir por telefone e aguardar a entrega pelos Correios. 

Com o uso da internet, a atualização do boleto se tornou algo muito mais prático. Esse serviço nos permite atualizarmos a data de vencimento e os novos valores, já acrescidos de multas e encargos. 

Para dar sequência à atualização, o cliente deve acessar o site da empresa que emitiu o boleto, informar a representação numérica do código de barra, ou Agência/Código Cedente, conforme solicitar. Em seguida, um novo boleto surgirá na tela e você terá os dados atualizados para pagamento. 

Mas isso só é possível se a pessoa tiver o boleto em mãos. Caso não tenha, será precisa entrar em contato com a empresa e solicitar os dados necessários para a emissão do boleto. 

Atualizar Um Boleto Pode Sair Mais Caro 

Para os microempreendedores individuais, ou pequenos empresários, que estão pensando em trabalhar com boleto bancário em seu estabelecimento, devem atentar para esse fato. 

A Febraban, ou Federação Nacional dos Bancos, implantou algumas novas regras de emissão de boletos que ajuda e estimular a utilização do boleto registrado. Porém, sai mais caro, devido ao maior número de taxas que poderão ser cobradas. Confira abaixo quais são essas taxas:
Custódia: é permitido ao banco cobrar uma tarifa adicional pela presença do boleto aberto no sistema; 

  • Liquidação: quando o boleto é liquidado, o banco cobra mais um valor;
  • Registro: esse valor será cobrado assim que o boleto for emitido e der entrada no sistema. Ainda que ele não seja pago, haverá a cobrança da taxa,
  • Pedido de alteração de dados: se for preciso alterar algo no boleto ou atualizá-lo, o banco poderá cobrar mais uma tarifa.

Aqueles que não contam com um orçamento grande, poderão ser prejudicados. Mas somente no caso de boleto registrado. 

Deixe um comentário