Como Funciona o Registrato do Banco Central?

O Registrato é o mesmo que “Extrato de Registro de Informação no Banco Central”. É um sistema que foi desenvolvido em 2014 para ajudar o cliente a verificar, de forma gratuita, como é o seu relacionamento com as instituições financeiras. Por exemplo, pelo Registrato, o cliente consegue verificar em quais bancos ele tem conta aberta, caso tenha se esquecido, ou qual o tipo de vínculo ele tem com algum banco ou instituição financeira. O sistema é administrado pelo Banco Central. E foi ele também quem o desenvolveu. 

O cliente ainda consegue verificar as transações de crédito, como suas dívidas em bancos, ou empréstimos contratados. Em muitos casos, o seu histórico de crédito pode ser usado como comprovante de uma pessoa boa “pagadora”. O cliente consegue gerar relatórios com todo o seu histórico bancário.  

Quais Relatórios É Possível Gerar no Registrato? 

O Registrato permite que vários relatórios possam ser gerados. Conheça cada um deles abaixo: 

  • Sistema de Informações de Crédito

No sistema de informações de crédito, ou SRC, o cliente é capaz de conferir todas as informações relativas a operações de crédito. Isso inclui financiamentos, empréstimos e também outras opções. Por meio desse relatório, é possível verificar todas as operações feitas com valores mínimos de R$ 200,00. Além disso, ainda é possível conferir em qual instituição financeira ou banco os créditos foram realizados. 

  • Cadastro de Clientes no Sistema Financeiro

O Cadastro de Clientes no Sistema Financeiro, ou CCS, é um banco de dados onde são informadas todas as instituições financeiras onde o cliente tem ou já teve alguma espécie de relacionamento. Por meio desse relatório, o cidadão consegue verificar, por exemplo, se existe alguma conta bancária aberta da qual ele não se lembra. 

O registrato permite ao cidadão, o acesso seguro e rápido à todas as suas informações de operações de crédito, além de demais relacionamentos com o sistema financeiro. 

Isso facilita muito para o cidadão que, antes, para ter acesso à todas essas informações, ele precisava ir pessoalmente à representações do Banco Central ou enviar pelos Correios as cópias autenticadas e com firma reconhecida em cartório, dos seus documentos pessoais, para conseguir ter acesso às informações que o registrato disponibiliza hoje. 

Como Acessar o Registrato? 

Se a pessoa tiver um Certificado Digital ICP-Brasil, o acesso é bem simples. Basta entrar no site https://www.bcb.gov.br/pt-br/sfn/registrato/ e efetuar o login com o Certificado. 

Que não tem cadastro, basta acessar o site www.bcb.gov.br/registrato e seguir com os passos solicitados para realizar o cadastro. Em seguida, será preciso acessar o Internet Banking de algum banco em que tenha uma conta bancária. Depois, é preciso ir em “Primeira vez no Registrato” e selecionar a opção “Sou pessoa física”. 

Ao terminar o cadastro no site do registrato, uma frase de segurança será gerada. O usuário deverá ir até o internet banking do banco em que tenha conta e validar a frase de segurança. Feito isso, uma senha de acesso será gerada para que o usuário possa ter acesso ao registrato. A recomendação é alterar essa senha no primeiro acesso ao sistema. 

As informações disponíveis no registrato podem demorar em torno de 45 para serem atualizadas. E o usuário tem a possibilidade de fazer o download de todas as suas informações pessoais disponíveis no Sistema Financeiro Nacional. E tudo isso sem precisar sequer sair de casa. 

O principal objetivo desse sistema é fazer com que o cidadão consiga gerenciar a sua vida financeira de maneira mais eficiente. Esse sistema também facilita muito na hora de as instituições financeiras realizarem o processo de cadastro do cidadão, além de facilitar a obtenção de crédito.  

Deixe um comentário