Brasil ou Caixa? Qual o Melhor Banco Público?

Ter uma conta bancária nos dias de hoje é uma verdadeira necessidade. E tudo começa com a escolha do banco. Em um primeiro momento, o que precisamos decidir é se queremos abrir uma conta em um banco público ou em um banco privado. 

Mas, qual a diferença entre um banco público e um banco privado?
Essa pergunta, com certeza, surgirá. 

Geralmente, os serviços oferecidos por ambos são semelhantes. Todos oferecem cartões de crédito, conta poupança, conta corrente, linhas de crédito e também opções de investimentos. 

A diferença primordial está na gestão administrativa de ambos. 

O controle dos bancos públicos fica sob a responsabilidade de instituições públicas dos municípios, dos estados ou da união. Como exemplos, temos o BNDES, a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil cujo controle é feito pelo Governo Federal. E temos bancos como o Banco da Amazônia, o BDMG, o Banco de Brasília e o Banrisul em que o controle é feito pelos estados ou por municípios. 

Uma observação importante é que pode haver uma participação privada nos bancos públicos. No entanto, isso não faz com que as instituições públicas percam o controle, pois a sua participação continua sendo majoritária. 

Já os bancos privados, esses são controlados exclusivamente por instituições privadas. Ou seja, não tem nenhuma participação de investimento público. Alguns desses bancos são: o Itaú, o Santander e o Bradesco. 

Como Escolher o Melhor Banco Na Hora de Abrir Uma Conta? 

Na hora de escolher qual o melhor banco, é preciso verificar qual a qualidade dos serviços oferecidos pelos bancos. Além do mais, como os custos dos serviços oferecidos variam de uma instituição para a outra, é preciso analisar com muita atenção. 

Para quem deseja abrir uma conta em um banco público, por exemplo, é preciso conhecer bem as vantagens e as desvantagens de cada um. Em geral, os dois bancos públicos mais procurados são o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal. Vejamos abaixo principais vantagens e desvantagens de cada um. 

Vantagens do Banco do Brasil 

Em geral, os financiamentos de veículos e os empréstimos pessoais do Banco do Brasil contam com taxas de juros menores que os da Caixa. E isso inclui as taxas de juros dos cartões de crédito também, que são as melhores no mercado financeiro para pessoas físicas. Para os empresários que abrem conta, também é uma opção melhor que a Caixa, uma vez que oferece melhores preços e mais serviços financeiros. 

Desvantagens do Banco do Brasil 

Existem grandes problemas de comunicação, as agências do Banco do Brasil são bem mais cheias e o atendimento também não é capaz de solucionar todas as dúvidas dos clientes. E o problema se agrava quando a sua agência está situada em uma outra cidade. 

Vantagens da Caixa Econômica Federal 

Nós dissemos que o Banco do Brasil é a melhor opção quando se trata de financiamento de veículo e também de empréstimos pessoais. A Caixa, em contrapartida, é a melhor opção quando o assunto é financiamento de um imóvel. As taxas de juros praticadas por ela são as menores encontradas no mercado. Além do mais, para contas poupança, também é a melhor opção para o cliente. 

Quem é cliente da Caixa também pode realizar diversos serviços nas casas lotéricas espalhadas pelo país. O atendimento também é um diferencial, pois os funcionários conseguem oferecer informações mais completas na maior parte das vezes. Além do mais, o serviço de penhor é outra muito usada, apesar das taxas de juros serem mais elevadas. 

Desvantagens da Caixa Econômica Federal 

Ao contrário do Banco do Brasil, a Caixa não é muito flexível quando se trata de negociar as taxas de juros. Em geral, os juros da Caixa são quase iguais aos de bancos privados. E, para quem deseja um serviço mais pessoal e menor que o financiamento de um imóvel, a Caixa não é a melhor opção. 

Deixe um comentário