O Que é Uma Conta Conjunta? Como Usar?

Algumas pessoas costumam perguntar se é possível uma conta bancária possuir dois correntistas titulares ao mesmo tempo. E a resposta é sim.  

Trata-se da conta conjunta, a qual possui as mesmas funções que uma conta corrente convencional, mas que possui dois titulares, onde ambos têm o poder de controlar o dinheiro e todas as transações nessa conta. Os bancos oferecem duas opções de contas conjuntas. São elas: a conta simples e a conta solidária. Vejamos abaixo as principais diferenças entre elas: 

• Conta conjunta solidária: nessa modalidade, qualquer um dos dois titulares pode movimentar a conta e realizar as transações sem que o outro titular precise aprovar. Ambos têm amplos direitos e poderes sobre a conta. 

• Conta conjunta simples ou não-solidária: já nessa opção, para que qualquer um dos dois titulares faça alguma transação, é preciso que o outro titular aprove. 

O Que Verificar Antes de Abrir Uma Conta Conjunta? 

Antes de abrir uma conta conjunta com alguém, é preciso se atentar para alguns detalhes. E o primeiro deles é ter certeza de que você realmente quer abrir uma conta conjunta com alguém. Além do mais, também é preciso saber se está realmente disposto (a) a dividir o dinheiro com outra pessoa. Em geral, esse tipo de conta costuma ser aberto por casais, onde ambos controlam as despesas da casa e sabem exatamente onde o dinheiro é usado. 

Outra coisa a se pensar é na disciplina que ambos precisam ter ao usar o dinheiro. Confira abaixo mais detalhes importantes que precisam ser observados por quem deseja abrir uma conta conjunta: 

• A outra pessoa saberá tudo o que foi gasto: se a pessoa não gosta muito de dar satisfação sobre como usa o seu dinheiro, abrir uma conta conjunta então não é uma boa ideia. 

 Cobranças por parte do outro titular: quem tem uma conta conjunta precisa saber que o outro irá cobrar mais, pois ele terá se sentirá no direito de controlar os seus gastos. E vice-versa.  

No caso de casais, essas questões são tratadas sem muitos problemas, uma vez que eles, normalmente, usam o dinheiro para suprir as necessidades da casa. 

Como Abrir Uma Conta Conjunta? 

O processo de abertura de uma conta conjunta é igual ao de uma conta corrente comum, individual. Os documentos necessários são aos mesmos: um comprovante de residência atual, documento de identificação e o comprovante de renda. Porém, como a conta terá dois titulares, ambos precisarão estar presentes no momento de assinar o contrato. 

Quem possui uma conta individual também pode transformá-la em conta conjunta se desejar. 

Tarifas de Uma Conta Conjunta 

Seja qual for a quantidade de titulares, será cobrada apenas uma tarifa. No caso de poupança conjunta, a conta é isenta de tarifas, assim como acontece com a poupança individual. 

Como os Titulares Movimentam Uma Conta Conjunta? 

A movimentação da conta conjunta solidária pode ser feita por qualquer um dos titulares, por meio de cartões, caixas eletrônicos, cheques, internet e outros. Não existe diferença na forma de movimentar a conta conjunta em relação à uma conta individual. 

Já no caso da conta conjunta não-solidária, ambos os titulares devem aprovar todas as transações. Para as transações feitas pela internet, é preciso da assinatura de todos os titulares, no caso de cheques, todos precisam assinar, na boca do caixa também é preciso a assinatura de todos.  

Vantagens de Uma Conta Conjunta 

Para quem pensa que ter uma conta conjunta só tem desvantagens, isso não é verdade. Ela também oferece vários benefícios para os usuários, como a redução de tarifas bancárias, maior facilidade em conseguir crédito, é mais barato e rentável realizar investimento em conjunto, menos burocracia com o passar do tempo, permite que pais tenham uma conta conjunta com os seus filhos.

Deixe um comentário