Crédito Pessoal: O Banco Pode Descontar do Salário?

O crédito pessoal é um artifício usado por muitas pessoas para quitar dívidas, principalmente nos dias de hoje com o aumento do custo de vida. 

Para quem não sabe, o crédito pessoal é uma forma de empréstimo que os bancos e as instituições financeiras oferecem sem que haja tantas condições impostas para os clientes. 

Antes de o empréstimo ser autorizado, o cliente passa por uma análise de crédito. Essa análise é feita para que a instituição possa se certificar de que cliente terá condições de pagar o empréstimo. Caso a solicitação seja aceita, o valor será depositado na conta corrente. Pelo fato de ser um tipo de empréstimo mais fácil de ser contratado, ele possui altas taxas de juros, sendo conhecido como um dos mais caros disponíveis no mercado. 

Quem trabalha em empresa pública ou privada pode solicitar o crédito pessoal com desconto da parcela na sua conta salário. O empregado deve se informar no RH da empresa a possibilidade de contratar o empréstimo, que torna necessário um convênio entre a empresa, o sindicato e o banco. 

Vantagens e Desvantagens do Crédito Pessoal 

Confira abaixo as principais vantagens do crédito pessoal: 

• A facilidade e a rapidez que o crédito consignado pode ser obtido são algumas das suas principais vantagens. 

 Muitas das instituições que disponibilizam o crédito pessoal permitem que todo o processo possa ser feito diretamente pela internet. 

 Vários empréstimos pessoais permitem que o montante solicitado possa ser aumentado posteriormente.  

É comum as pessoas se esquecerem dos pontos negativos do crédito pessoal. Agora, confira as desvantagens: 

 A principal desvantagem está na alta taxa de juros. 

 A facilidade em contratar o empréstimo também tem um lado negativo. Uma vez que, devido a essa facilidade, o usuário acaba acumulando dívidas de forma impulsiva. 

 Existe uma enorme competitividade no mercado de créditos pessoais. Por esse motivo, as campanhas publicitárias tornaram-se muito agressivas, levando à indução do consumidor em contratar o empréstimo. 

Como Evitar o Endividamento 

Contratar um empréstimo deve ser sempre a última das últimas alternativas. A gente sabe que o aumento do desemprego acaba forçando uma série de situações que a gente gostaria de evitar, e uma das principais é o endividamento. Mesmo trabalhando, às vezes a pessoa se vê sem condições financeiras para pagar todas as suas dívidas. Nessa hora, o que a maioria das pessoas costuma fazer é contratar um empréstimo. 

Para evitar situações como essa, separamos algumas dicas de como evitar o endividamento. Confira abaixo: 

• Evite gastar toda a sua renda. Sempre reserve uma parte para eventuais imprevistos. O nosso salário não pode ficar todo comprometido com dívidas.

• Reduza tudo o que for supérfluo. Muitas das coisas que nós desejamos, não precisamos de fato. A gente compra muita coisa só por estar na promoção.

• Reúna toda a família e faça um planejamento familiar que envolva a todos. 

• Evite o desperdício e gastos inúteis, como os valores que pagamos de juros quando nos esquecemos de pagar uma conta e temos que arcar com os juros, por exemplo. 

• Não comprometa toda a sua renda com contas. Somente 1/3 da nossa renda pode ficar comprometida. 

• Anote todos os gastos diariamente. Desde o cafezinho até as contas mais caras que pagar no decorrer do dia. 

• Evite o uso descontrolado do cartão de crédito. Pague sempre o valor total da sua fatura. Nunca pague o mínimo e nem parcele a fatura.  

• Não ande com o seu cartão de crédito. A menos que precise realmente usá-lo, deixe-o guardado em casa. 

• Estipule metas para toda a família cumprir. 

• Não faça compras muito caras, mesmo que sejam parceladas. Lembre-se que o seu orçamento ficará comprometido enquanto não quitar a dívida. 

Deixe um comentário