Como Fazer Um Depósito Identificado: Só No Caixa?

É comum as pessoas realizarem pagamentos via depósitos bancários nos dias de hoje. É uma facilidade que nos ajuda a otimizar o tempo, que anda cada vez mais escasso atualmente. Assim, não precisamos ficar indo às empresas para fazer os pagamentos. E é também uma forma de garantir que o beneficiário saiba quem foi que realizou o depósito. A esse serviço, dá-se o nome de “depósito identificado”.  

O nome do depositante é informado no extrato da pessoa que recebeu o dinheiro. É possível fazer a identificação tanto pelo nome do depositante, quanto por números.  

A maioria dos usuários desse serviço são as empresas, que precisam manter um controle mais fiel das suas operações. Porém, pessoas físicas também podem usar o depósito identificado sempre que desejarem. É possível depositar dinheiro, cheque ou ambos.  

Como é Feito o Depósito Identificado?  

É muito simples fazer um depósito identificado. É preciso apenas se dirigir à uma agência bancária, ir ao caixa e informar ao atendente o que deseja fazer. Na maioria dos casos, esse serviço é gratuito. Se o cliente é correntista do banco, a identificação no extrato pode ser o número da conta. Agora, se a pessoa não for correntista, a identificação pode ser o nome dela. Confira abaixo o passo a passo: 

Depósito identificado no caixa: 

• Vá até a agência e aguarde na fila do caixa; 

 Informe ao atendente que você quer fazer um depósito identificado informe os dados necessários para a transação, como o valor a depositar e os dados bancários de quem receberá o depósito,  

 Depois, informe a identificação a constar no depósito, de acordo com o que for solicitado pelo beneficiário. 

Depósito identificado no terminal de autoatendimento 

 Vá ao caixa eletrônico do banco onde realizará o depósito; 

 Pegue um envelope e preencha com as informações solicitadas; 

• Dirija-se ao caixa eletrônico e procure pela opção de “Depósito” ou “Serviços sem cartão”.  

• Clique na opção de “Depósito identificado”; 

• Informe os dados solicitados e insira o envelope no local indicado, 

• Aguarde a impressão do comprovante de depósito. 

Quanto Custa Realizar Um Depósito Identificado?  

O valor cobrado pelo serviço varia de um banco para outro. No entanto, a maioria deles não cobra nada pelo serviço. Para saber exatamente quem cobra e quanto custa, basta acessar o site do Banco Central do Brasil e verificar em “Depósitos – Depósito Identificado – Pessoa Física”.  

Depósito Identificado no Banco do Brasil  

No momento de realizar o depósito identificado, verifique como é o procedimento no banco, pois cada um tem o seu procedimento. No caso do Banco do Brasil, o cliente pode receber o depósito no caixa eletrônico.  

Para os clientes do banco do Brasil, é possível realizar um depósito identificado pela internet, pelos caixas eletrônicos, e até mesmo pelo gerenciador financeiro. Através desse mesmo gerenciador, o usuário ainda pode acompanhar toda a movimentação dos depósitos, tornando o serviço bem mais prático. É possível também determinar uma data limite do depósito e até o valor a ser creditado.  

Os clientes do Banco do Brasil contam com agências espalhadas pelo país inteiro, o que facilita muito no dia a dia. Além do mais, o banco não cobra nenhuma taxa para a realização do depósito identificado.  

No caso das empresas, elas ganham com a redução dos custos operacionais. Elas ainda contam com a validação automática feita pelo sistema, de códigos de identificação que os depositantes podem usar.  

O Que Leva a Empresa Ou Pessoa a Fazer Um Depósito Identificado? 

O uso do depósito identificado é, geralmente, para aqueles que necessitam identificar qual a origem do recurso. Isso acontece muito quando alguém compra algo em que o pagamento será feito via depósito identificado. A mercadoria é liberada somente após a confirmação de pagamento e identificação do cliente. 

As coisas que envolvem os bancos parecem ser muito burocráticas. E, na grande maioria, são mesmo. Mas, com relação ao depósito identificado, o procedimento é bem simples mesmo. 

Deixe um comentário