Recebi Um Cheque Administrativo: Como Sacar? Posso Endossar? É Nominal? Pode Ser Sustado? 

Recebi Um Cheque Administrativo: Como Sacar? Posso Endossar? É Nominal? Pode Ser Sustado? 

O cheque administrativo é a forma mais segura de garantir o pagamento de um cheque. Ele foi criado para acabar, ou para reduzir as fraudes com o cheque sem fundo. 

Devido à tantos problemas com o uso do cheque normal, as pessoas estão ficando com muito receio em aceitar cheques hoje em dia. Tanto que essa forma de pagamento está caindo em desuso. 

Quanto ao cheque administrativo, ele é emitido pelo próprio banco ou instituição financeira. E isso faz com que o seu pagamento seja 100% garantido. 

Qualquer pessoa pode solicitar um cheque administrativo, mesmo que não tenha conta no banco. Embora alguns bancos só emitam esse cheque para quem é correntista do banco. Quando o pedido é feito, o banco logo se certifica de que o solicitante realmente tem o dinheiro para pagar o cheque. 

O cheque comum é preenchido pelo próprio emitente. Já o cheque administrativo, quem preenche é o banco, e é o banco também quem se responsabiliza pelo pagamento. 

Quando Usar Um Cheque Administrativo? 

Esse tipo de cheque é mais indicado para ser usado para realizar pagamentos de valores muito altos, como a compra de um automóvel ou de um imóvel, por exemplo. E também quando o valor a pagar será à vista. Isso proporciona mais segurança para ambas as partes, e evita que as pessoas fiquem transitando com muito dinheiro em espécie. 

Como Sacar Um Cheque Administrativo? 

O beneficiário do cheque pode sacar o valor a qualquer momento, pois ele é uma ordem de pagamento à vista. Para sacar, basta se dirigir à uma agência bancária informada, levando consigo o cheque e um documento de identidade com foto. O valor do cheque administrativo será debitado imediatamente. 

Um Cheque Administrativo Pode Ser Endossado? 

Um cheque administrativo pode ser endossado sim, ou seja, é permitido transferir o direito a alguém. Noentanto, para isso seja possível, ele deve ter sido emitido na forma de “não à ordem”. É preciso que o beneficiário assine no verso do cheque e informe o nome do terceiro, por extenso, que irá sacar o valor ou realizar o depósito. 

Porém, endossar o cheque para um terceiro é uma alternativa pouco segura, uma vez que o cheque administrativo é usado com mais frequência para o pagamento de uma quantia muito alto. Por isso, a melhor alternativa é fazê-lo nominalmente. 

Cheque Administrativo é Nominal? 

Sim. O cheque administrativo é nominal. Ou seja, só pode ser pago com a indicação do nome do beneficiário. Sendo assim, o recebimento do valor será pago apenas mediante a comprovação da identidade ou por um meio de compensação. 

Cheque Administrativo Pode Ser Sustado? 

Sim. Embora muitas pessoas pensem que isso não é possível, o cheque administrativo pode sim ser sustado. Até porque é um documento que garante a existência de fundos. Imagine que você seja assaltado e que levem o cheque de você. Nesse momento, você ficaria apavorado, pensando que perdeu o seu dinheiro. Por isso é que a sustação se faz necessária. 

Cuidados Com o Uso do Cheque Administrativo 

Como tudo o que envolve dinheiro, também é preciso ter cuidado o que diz respeito ao cheque administrativo. É muito importante guardar o número do cheque, o nome do emitente e o banco para evitar que o mesmo seja sustado, ou que o comprador tenha alguma outra atitude de má fé.  

Se perder o cheque ou o mesmo for roubado, é importante registrar um boletim de ocorrência. Logo após, deverá ser solicitada a anulação do mesmo pela pessoa que o comprou ou pelo beneficiário. 

Evite endossar um cheque administrativo, como já dissemos acima. E, antes de comprar, compare os preços, através do site do Banco Central, para evitar pagar mais caro sem necessidade.

Deixe um comentário