DOC ou TED Errado – Tem Como Consertar?

DOC ou TED Errado – Tem Como Consertar? 

O DOC (Documento de Ordem de Crédito) e a TED (Transferência Eletrônica Disponível) são transações bem comuns para quem quer realizar transferência de dinheiro de uma conta para outra. São transações muito seguras. Basicamente, as duas diferenças entre ambos são com relação aos valores e ao prazo que o dinheiro demora para cair na conta.  

No que se refere aos valores, não há valor mínimo para transferir em nenhuma das duas operações. Porém, quanto ao valor máximo, no DOC só podemos transferir até R$ 4.999,99. Já na TED, também não há limite superior. 

Já com relação ao prazo em que o dinheiro demora para cair na conta, o DOC requer passar antes pelo sistema de compensação bancária. Por esse motivo, ele só cai na conta no dia útil seguinte à realização da transferência. Já a TED é mais rápida. O valor cai na conta no mesmo dia. Podendo cair no mesmo instante da transferência. 

Antes de sair realizando essas transações, é importante consultar quantas transferências você tem direito de realizar no seu pacote. Pode ser que você tenha um número permitido e que já esteja incluso no valor que você já paga por mês. Se já usou o seu limite de DOCs grátis no mês, verifique se pode realizar TED sem precisar pagar. 

Problemas na Hora de Realizar DOC ou TED 

No momento de realizar a transferência via DOC ou TED, são solicitadas várias informações muito importantes para que a transação seja feita corretamente. Alguns desses dados são o CPF do beneficiário ou o CNPJ e a conta corrente do mesmo. Além de várias outras informações. 

Quando alguma das informações solicitadas é informada errada, o DOC ou a TED podem não ser realizados, causando problemas para o beneficiário. 

Se acontecer de o número da conta ser informado errado, e a transferência for para a conta de outra pessoa, é muito importante procurar o banco o mais rápido possível, para que resolvam a situação o quanto antes, sem se esquecer do comprovante de transferência. Caso a pessoa que recebeu o valor gaste a quantia, mesmo sabendo que não lhe pertencia, você poderá registrar um boletim de ocorrência (BO). 

Como o DOC demora um pouco para cair na conta, por ter que passar pelo sistema de compensação bancária, conforme informamos, então fica mais fácil de resolver. Porém, com a TED, a situação é um pouco mais delicada, pois a transferência acontece no mesmo dia ou até instantaneamente. Mas, de ambas as formas, o banco tem como resolver.  

Outra situação mais comum de acontecer é o dinheiro transferido voltar para a conta da pessoa que realizou a transferência. Isso acontece devido a algum erro na digitação dos dados. Ou dados insuficientes para concluir a operação. Nesse caso, o primeiro passo é identificar a causa da devolução. Em seguida, verificar novamente com o beneficiário todos os dados necessários para a transação. Pode ser que a pessoa anotou algum número errado. 

Outra situação possível é você receber uma transferência que não era sua. Nesse caso, o correto a se fazer é não mexer no dinheiro e entrar em contato com a Central de Atendimento ao Cliente. Eles tomarão as medidas necessárias. Fazendo isso, você poderá evitar muitos problemas futuros, pois o banco conseguirá identificar que o valor foi para a sua conta. 

Hoje em dia, não é tão comum a ocorrência desses erros. É exatamente por isso que são solicitadas tantas informações importantes antes de concluir a operação. Mas, se ainda assim acontecer algum tipo de erro, o ideal é contatar o banco com o máximo de rapidez.

Deixe um comentário